Bebê de sete meses morre após estupro em Uberlândia; padrastro está preso

Um homem de 25 anos foi preso, na tarde deste sábado (12), suspeito de estuprar um bebê de sete meses de idade, no bairro Laranjeiras, zona sul de Uberlândia. A criança morreu em decorrência dos ferimentos sofridos durante o crime.

De acordo com a Polícia Militar, o homem era padastro da menina e vivia com a mãe há cerca de três meses. A mulher estava no trabalho no período da tarde, quando teria recebido uma ligação do suspeito, dizendo que o bebê não estava respirando e que iria se deslocar para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Sul, no bairro São Jorge.

Ainda segundo a PM, a mulher foi para a UPA Sul, mas não os encontou e acabou indo para casa. Após chegar na residência, a mãe teria constatado que a criança não respirava e voltado para a unidade de saúde junto do companheiro. No local, os médicos constaram a morte da criança. No laudo médico, consta que o bebê teve afundamento do crânio e que houve penetração vaginal e anal durante o ocorrido. A equipe médica acionou os militares.

O homem foi preso por estar sozinho com a criança no momento do crime e apresentar atitudes suspeitas, segundo a PM. Ele foi encaminhado para a 148ª Companhia da Polícia Militar, no bairro São Jorge. De acordo com o sargento Alves, que participou do prisão, o suspeito não assumiu ter estuprado a menina e alegou que ela teria caído do sofá. O militar também informou que a mãe deixava o bebê com uma babá, mas neste sábado a profissional teria viajado. Por esse motivo, a criança estaria com o padastro.

No fim da tarde, o homem foi direcionado para a Delegacia de Plantão da Polícia Civil, onde será ouvido na noite deste sábado (12). O suspeito tem passagem no sistema policial por tráfico de drogas.
(Fonte: Correio de Uberlândia)

ANUNCIE AQUI e apoie essa causa!

Publicações relacionadas